A JUSTICEIRA DAS SOMBRAS - Por HOMER

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A JUSTICEIRA DAS SOMBRAS - Por HOMER

Mensagem  Admin em Dom Set 16, 2007 10:14 pm

Esta é a primeira aventura de ficção a ser publicada no site TODAS AS LETRAS E LINGUAGENS.

A JUSTICEIRA DAS SOMBRAS, foi idealizada e escrita por HOMER e autorizada pela administração do site.

Sintam-se livres para ler e postar comentários.

BOA SORTE HOMER.


Última edição por em Seg Set 17, 2007 1:44 am, editado 1 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 14/09/2007

Ver perfil do usuário http://todasaslinguagens.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

JUSTICEIRA DAS SOMBRAS

Mensagem  HOMER em Dom Set 16, 2007 10:25 pm

Bem pessoal, esse é o início das aventura de uma moça comum que de repente se vê envolvida em uma missão meio sobrenatural, cheia de magia, mitos, lutas por justiça e combate ao crime. Ela recebe a missão, depois de ter sido tomada por uma força sobrenatural... Bem o desenrolar dessa história, só lendo para conhecer.

Ela é mau humorada e encrenqueira, porém muito bonita.

Espero que gostem.

Deixem seus comentários.




A JUSTICEIRA DAS SOMBRAS – PARTE 01

O DILÚVIO


A chuva insistentemente batia nos vidros da janela, fazendo um som repetitivo, como se fosse um mantra irritante. Os trovões ecoavam pelo pequeno apartamento que fedia a mofo por causa das infiltrações .

Entre um relâmpago e outro, seus olhos se dirigiam para aquela velha boneca, largada num canto. Dava para ver uma acusação velada naqueles olhos azuis descorados. Sentiu um arrepio.

Se jogou na poltrona rasgada, que também fedia . Parecia que este cheiro maldito estava impregnado em todo lugar. Bebeu o último gole do vinho vagabundo que o Pietro deixou, antes de ir embora.

-Puts, ele foi mesmo! Resmungou, meio sem acreditar que aquele idiota teria tido coragem de deixá-la.Aquela droga de lugar estava maior e sentia a falta daquele cretino.

-E essa merda de chuva que não pára! Pensou aborrecida.

Decidiu sair e caminhar um pouco, para colocar os pensamentos em ordem. Vestiu uma capa, calçou as botas já surradas, ignorando o maldito céu que desabava, se dirigiu até a janela. Mais um trovão e dessa vez acompanhado de gritos.

Olhou pela vidraça em direção ao beco escuro que fica logo em frente, e viu uns moleques batendo na “senhorita” que insistia em fazer ponto numa noite como aquela.

–Idiota! – Balançou a cabeça, indiferente ao que se passava lá fora.
Parecia que o céu estava um caos absurdo e todos os anjos gritavam ao mesmo tempo. Desistiu de sair. Jogou a velha capa no chão, arrancou as botas e as deixou largadas no tapete puído. Percebeu que estava com fome, quando o estômago começou a doer. Dirigiu-se até a geladeira e procurou algum resto de comida que ainda não estaria estragada. Em vão.

-Melhor mesmo, é tentar dormir. Fazer o quê?

Os gritos da prostituta incomodavam. Tinha que fazer alguma coisa. Abriu a janela e se lançou, pulando nas grades de proteção da escada de incêndio. Deu tempo apenas de vestir a velha capa e calçar suas botas.
Chegando na entrada do beco, viu que se tratavam apenas de três jovens. Não teria maiores problemas e poderia voltar logo para sua solidão. Se dirigiu aos rapazes.

- Ei pessoaL, vamos acabar logo com isso. Deixe a moça ir embora. Sua voz denotava tédio. Eram só guris.
Os rapazes ainda segurando a “moça” olharam fixo para aquela mulher de capa molhada e pareciam não acreditar no que ouviam.

- Você ta doida ou quê? Quem você pensa que é para atrapalhar nosso trabalho?

- Ora de encerrar o expediente guris. Já disse, solta a moça.

Os garotos se entreolharam e um deles de posse de um pedaço de madeira, partiu para desferir um golpe na intrusa, que desviou com muita rapidez e destreza. Ela lutava muito bem. Ao se defender, já desarmou o pobre garoto que não teve nem chance de reagir. Foi lançado nas latas de lixo sem nenhum esforço.

Os outros garotos meio sem entender o que estava acontecendo, partiram para cima. Com a mesma facilidade, derrubou os dois e os lançou longe. Machucados e com o ego ferido, fugiram correndo, ainda olhando para trás, pensando quem seria aquela mulher estranha, que no meio da noite, debaixo de uma chuva horrível, se mete em uma briga por causa de uma prostituta.

No beco, a “moça” ainda caída, olhava fixo para sua heroína, sem falar uma palavra. Estava atônita. A desconhecida de capa, apenas olhou para aquela figura triste e suja e disse:

- Vai ficar aí me olhando? Vai para casa.

Deu as costas, não esperando resposta da outra. Sumiu na escuridão da noite e em meio às sombras procurou seu abrigo. Em casa, manteve o mesmo ritual de antes, tirou a capa, as botas, enrolou uma toalha nos cabelos. Ainda pensou em Pietro e no motivo pelo qual ele partiu. Não conseguia entender. Mas isso fica para amanhã.

Ainda de roupa, deitou na cama macia. Pelo menos isso.

-Vida de merda!

Dormiu.

A aventura continua...
avatar
HOMER

Mensagens : 12
Data de inscrição : 15/09/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A JUSTICEIRA DAS SOMBRAS - Por HOMER

Mensagem  Hanna Bizi em Seg Out 01, 2007 2:52 pm

Uau! Mais, mais, mais, mais... eu quero maisss!
Caramba Homer... adorei o inicio! Só gosto desse tipo de obra quando fica a vontade de saber mais, e com certeza ficou!
Espero anciosa pelos próximos capítulos dessa aventura!
E parabéns o talento! Você escreve muy bien! Razz
Abraço!
avatar
Hanna Bizi

Mensagens : 16
Data de inscrição : 16/09/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A JUSTICEIRA DAS SOMBRAS - Por HOMER

Mensagem  HOMER em Sab Out 06, 2007 10:07 pm

Opa alguem leu. Vou postar a sequencia logo, logo.
Seus poemas são bonitos.
avatar
HOMER

Mensagens : 12
Data de inscrição : 15/09/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A JUSTICEIRA DAS SOMBRAS - Por HOMER

Mensagem  natáliadiasferraz em Sex Nov 16, 2007 7:48 pm

APESAR DE NÃO QUERER POSTAR...RSRS EU ADOREI MUITOS OS TEXTOS...DO ADMIN...ELES SÃO MUITO LEGAIS...EU ADORO MUITO...
EM BREVE EU TBM VOU POSTAR...;
avatar
natáliadiasferraz

Mensagens : 11
Data de inscrição : 08/11/2007
Idade : 24

Ver perfil do usuário http://WWW.VIBEFLOG.COM/DIASMALUCA2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A JUSTICEIRA DAS SOMBRAS - Por HOMER

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum